Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARDENTE DESEJO

Ainda não dei conta,
sobre o motivo dessa
vontade de chorar.
 
A razão desse ataque de tristeza,
e como
esse chicotear da saudade,
tem me feito mal.
 
Não sei bem o porque
de ser só com a solidão,
sempre banhado pelo descaso
da cruel iniqüidade.
 
Quem me dera poder ouvir
o eclodir da canção,
que muitas vezes minha alma
ensaia,
ainda que seja canção
sem melodia...
 
Como anelo existir
sem conflitos íntimos,
recalcitrar aos rigores
impostos por um amor
distante...
 
Ah! Como gostaria ver
germinar o que tenho
guardado, e que insiste
fluir como a fonte mana
água límpida...
 

 
 
 
 
 
 
 
 




 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Wil
Enviado por Wil em 12/06/2006
Código do texto: T174268
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2623 textos (84622 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:51)
Wil