Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTAÇÃO DO AMOR


Jorge Linhaça
2/08/2005
 
Chega o trem à estação
de seu ventre nascem pessoas
e eu na minha inquietação
esperando notícias boas
 
Pergunto a um e a outro
por onde devo eu sair
Para encontrar teu conforto
e poder novamente sorrir
 
Corro ao orelhão lá fora
te ligo todo emocionado
pois finalmente agora
poderei estar ao teu lado
 
Os minutos devagar escoam
na longa espera de tua chegada
Os batimentos no peito ressoam
meus gestos dos outros destoam
em uma ânsia incalculada
de sertir-te em mim abraçada
Jorge Linhaça
Enviado por Jorge Linhaça em 12/06/2006
Código do texto: T174468
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Linhaça
Salvador - Bahia - Brasil, 55 anos
3723 textos (711174 leituras)
95 áudios (13093 audições)
1 e-livros (277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:00)
Jorge Linhaça