Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eldourado

Me parece tão pobre descrever a riqueza do que sinto por você com palavras
palavras que se perdem num vento que teimoso não me leva até seus braços ternos
e agora procuro miragens através de um vidro embassado

a chuva lá fora, o frio aqui dentro, nada me congela mais do que essa solidão
só consigo ser outro quando rememoro sua imagem em minha mente e te levo pro meu coração com ardor, com amor

a vida foi tão traiçoeira, me trouxe você num momento difícil para nos dois
mas me trouxe vc é isso é tudo que importa
minha dor física é insignificante perto da dor de não tê-la ao meu lado
mas sobrevivo, como um cavaleiro de armaduras, levando baques da vida, mas firme no propósito de tê-la ao meu lado

mesmo que o mundo desabasse ao nosso redor, construíria um abrigo para nosso amor nas estrelas
você é meu Eldourado, reluz como ouro, é jóia que não se estima um valor
quando sorri me queima por dentro e por fora, quando chora me faz chorar também

Tivemos vidas tão distantes, tão diferentes e tão iguais
uma alma cindida ao meio que agora retorna a completude
não consigo mais existir sem você

Diga-me o que fazer para navegar no verde de seus olhos!
Ordene-me respirar somente sua fragância e eu o farei de bom grado!
Sempre estive te aguardando, não importa o quanto demore, continuarei...você é minha parada, meu pouso tranqüilo

sem você sou só escuridão...
Andretti
Enviado por Andretti em 13/06/2006
Reeditado em 14/06/2006
Código do texto: T174652

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andretti
Arapiraca - Alagoas - Brasil
599 textos (12975 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:52)
Andretti