Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FOGUEIRA

Jorge Linhaça
18/05/2006

Tu és fogo lento em plena crepitação
És lenha que arde com calor de vulcão
Me queimando num desejo incontido
De viver esse amor assim proibido

Teu corpo é beleza que não se finda
Tú és fogo lento em plena crepitação
que as minhas emoções assim alucina
me inebriando no calor dessa paixão

Acendendo a lareira do meu puro tesão
incendiando o meu corpo na luxúria
Tú és fogo lento em plena crepitação
Clareando o quarto na noite escura

E na entrega plena de nossos desejos
passamos a noite em completa fusão
entregues aos nossos carinhos e beijos
Tú és fogo lento em plena crepitação


 
Jorge Linhaça
Enviado por Jorge Linhaça em 13/06/2006
Reeditado em 07/02/2012
Código do texto: T175035
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Linhaça
Salvador - Bahia - Brasil, 55 anos
3723 textos (711212 leituras)
95 áudios (13093 audições)
1 e-livros (277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:02)
Jorge Linhaça