Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEVOLUÇÃO

Aonde é o setor de devolução?
Trago comigo algo que não é meu
Pois não comprei,não pedi emprestado
Nem tão pouco me foi ofertado

Antes que pensem mal da minha pessoa
Também não foi roubado
Apenas um dia acordei
E ele estava lá
Parado ao meu lado

Na hora não me dei conta
Que deveria devolver
Aí fui tomando conta
E até me deixei envolver

Hoje, quando venho aqui entregar
Sinto uma dor forte no peito
Agora consigo entender que de nada me apossei
E que não tenho que devolver, apenas trocar

Se eu entregar vai fazer falta aqui
Então devolvo tudo que não for meu
Quando receber a minha parte também
Pois tenho certeza de que tem muito de meu aí
Que você guardou e cuidou muito bem

Bem, façamos a troca então
Mande tudo de meu
Que lhe mando tudo o que é seu
Só não aceito mais a indecisão

Ficamos acertados assim
Obrigada por ter cuidado de mim
Enquanto eu cuidava de nós
Não se arrependa mais tarde
Troca, tem prazo de validade

Depois do tempo passado
Não vai adiantar reclamar
Não vai ser possível devolver
Muito menos trocar

E agora, fazemos o que?
O que diz aí o seu coração?
É troca ou é devolução?

LoucaporPoesia
Enviado por LoucaporPoesia em 14/06/2006
Código do texto: T175341

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (LoucaporPoesia). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LoucaporPoesia
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
524 textos (104801 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:29)
LoucaporPoesia