Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sim, sim, Não, não, Amado Coração!


Você diz sim, sim, querendo, assim, algo de mim,
E eu digo não, não, cortando, então, a sua alegação,
Julgo desnecessário as brigas ou qualquer tipo de confusão,
Mas, mesmo assim, você diz sim, sim, ainda querendo algo de mim.

Por favor, Coração, entremos num comum acordo,
A fim de evitarmos qualquer atrito ou discórdia,
Você sabe que adoro o amor, o carinho e a concórdia,
Evitemos, portanto, esse tão inoportuno alvoroço.

E nesse clima de discussão, palavrão, insistência e alegação,
Mergulhamos, sem precisar, a nossa relação numa fase desagradável,
Fase conhecida por todos os casais, fase até mesmo desculpável,
Ah... Meu Deus, esses vários "ãos" que acompanham qualquer união.

Sim, sim, Não, não, Amado Coração,
Evitemos essa desnecessária e conhecida situação,
Evitemos, pois, qualquer tipo de popular desafeição,
Procuremos nos dar paz, entendimento e mais razão,
E, finalmente, acabemos com esses "ais", "uis" e "ãos".




Todos os Direitos Reservados pelo Autor.
Fábio Pacheco
Enviado por Fábio Pacheco em 14/06/2006
Reeditado em 15/06/2006
Código do texto: T175648
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Pacheco
Recife - Pernambuco - Brasil
1095 textos (55955 leituras)
10 áudios (233 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:05)
Fábio Pacheco