Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ETERNOS NAMORADOS...

Do meu amor,
No verso ou no reverso
Do verso que componho,
És tu a inspiração...

O amor que chegou tarde
Para em nós ser poesia
Canção de muitas rimas
Acordes de uma melodia

Amor a povoar sonhos
Revelar desejos escondidos
Pelo tempo já vivido, de direito,
Liberto na paixão que encerra...

Um amor que ao mundo esconde
Impossibilitado de mostrar a face
Amor que em cumplicidade cala,
Intensamente, vivido por nós dois!

Um amor desmedido!
Sobrevivendo na saudade,...
Chama ardente, postos que se atraem
Perfeito na conjunção carnal...

Nosso amor!... Amor explicito
Nos versos que compomos
Nas mais belas entrelinhas
Vivo no leito em que deitamos.

Amor!... Bendito amor bandido,
Que a nós tornou amantes...
Loucos!... Dois adolescentes
Perdidamente apaixonados

Para cantar entrelaçados,
Compondo duetos com tesão
Concreto no real do que somos
Eternos namorados...

Santo André
SP-BR
Carmen Ortiz Cristal
Enviado por Carmen Ortiz Cristal em 15/06/2006
Reeditado em 16/06/2006
Código do texto: T175728
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carmen Ortiz Cristal
Botucatu - São Paulo - Brasil, 56 anos
454 textos (65585 leituras)
7 e-livros (5343 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:11)
Carmen Ortiz Cristal