Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tiro ao Alvo

Teu olhar
fazia tiro ao alvo
nos meus olhos...

Indefeso
eu não sabia
que eram dardos de esmeralda trêmula,
luz de jade rebelado
arremessando flechas
de ternura incandescente.

Minadas as resistências,
trespassados os escudos:
dei-me por vencido
com tanto verde refletido
e te entreguei,
num pedaço de papel,
um poema
de um único verso,
um verso de uma só palavra:

-Amor!
Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 15/06/2006
Código do texto: T176037

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (83355 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:03)
Vaine Darde