Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amizade; não querer.

Alo bom dia, como passou. Tudo bem, o que está programado pra hoje, acho que nada estou mais pra meditar. Estranho você não é disso está sempre com pressa, sempre correndo atrás de alguma coisa, me estranha você falar-me em meditar.
Mas sempre te disse nada melhor que um dia atrás do outro, que de tão importante aconteceu? Ó Leia acho que nada, está noite o sono não consegui encontrar já era de madrugada quando de leve comecei o sono pegar, um sonho me fez parar, por isso estou pensando  hoje meu dia de folga tirar, fazer uma caminhada junto a praia passar pela campina e no fim da tarde chegar ao topo da montanha sozinho poder um pouco pensar; Que bom Amadeu, sempre te vejo um pouco ansioso e com o coração palpitar, isso lhe fará tão bem, quem sabe te encontro por lá, legal será um prazer se naquela bela paisagem nós dois poder passear, porque não Amadeu, o Leia tu sabes nós somos casados, nosso caminho não pode cruzar, claro que não, mas porque esse fogo que sai dos nossos olhares, se você está longe, quero que rápido você possa chegar e no mais somos amigos por isso acho que é forte este nosso olhar.
O Leia bom que falou nesse assunto já estava muito tempo contigo deste mesmo poder tratar, mas porque Amadeu meu querido, as pessoas que estão em nossa volta já comentam e estão a observar, como você fica quando nós nos encontramos e é em qualquer lugar, só ficamos nós dois juntos e sempre de prosa trocar, mas isso é normal, as pessoas quando são amigas reúnem pra conversa em dia colocar, concordo quando são amigas é assim mesmo, não é o nosso caso, entre nós algo diferente de amigo, essa química que nos envolve queima como brasa, faz de nós crianças quando ganha presente que queria ganhar.
Amadeu, isso não posso concordar sou bem casada, tenho tudo e o que quero, meu marido está sempre há adivinhar, me cobre de jóias e de flores como rainha sempre está há me tratar, entre nós só amizade meu caro nada mais pode rolar, se continuar falando assim vou ter que desligar.
O Leia você quem sabe, se quiser pode desligar, como te disse antes hoje tirei o dia de folga pra meditar, mas espere só um pouquinho, uma coisa torno a avisar, é sério o que está há rolar, não vejo mal nenhum nisso, nossa amizade nunca vai acabar.
Desde que te conheci meus dias melhores estão, está vendo ó minha cara, que rumo está a tomar, por muito forte que eu e você sejamos nossa conversa já tomou o antigo rumo, e de amor já estamos a falar, e você ainda me diz que de amigos não vamos passar.
Ô Amadeu já faz tempo que somos amigos e disso não vai passar, além de sermos casados, sua esposa e meu marido não merece saber deste assunto e nem podem sonhar. Ô Leia, claro concordo inteiramente com o que você está me falando, por isso como tinha dito é melhor você desligar, vou fazer minha caminhada se não vou me atrasar, e você também tem seus afazeres do lar. Tchau, não não espere Amadeu atraze sua caminhada, confusa estou a ficar, nossa conversa está maneira bem melhor do que meditar, Leia, ô Leia nesse rumo não podemos continuar, você já está tensa, e eu já quero te visitar, isso não pode dar certo, nem que queira o rei do luar, Amadeu ontem depois do jantar a lua estava a brilhar sentamos na porta da sala eu, meu marido e minhas crianças brincávamos na luz do luar, mais meus pensamentos zaguezeavam na lua eu fui morar mas o cavalo de São Jorge a mim tentou atacar, pra minha sorte você estava perto e o ataque conseguiu evitar, lidei um grande, um grande abraço e você meus cabelos começou tocar, estava eu toda trêmula, com isso consegui acalmar.
Ô rainha, como já disse nós dois não podemos continuar, já estamos a mais de uma hora e até o telefone já começa rouco ficar, me deixa ir para a minha caminhada, mas de ser teu amigo não quero deixar, pode ir Amadeu, só não entendi uma coisa, porque da amiga não quer deixar, pensa em romper a nossa amizade? Não pode ser amigo, você é dos melhor que há!
Quando acordo pela manhã mesmo estando distante, sei que contigo posso contar, e não quero perder-te amigo, outro igual há você não há, meus dias não terá sentido de saber que com você não posso contar.
Ô Leia não é assim não, de te não quero me afastar, só que a alguns limites e nós dois temos que respeitar, claro Amadeu, lógico que eu sei, mas é mais forte que eu, sua presença me completa, louca é essa magia que envolve todo nosso ser, amigo, ó meu amigo não deixe nossa amizade acabar.
Corremos riscos, claro que eu sei, mas quero correr, perder sua amizade não é o melhor meio, Leia ainda bem que está ciente desses riscos que eu já sei, nossas vidas tem outros rumo minha amiga, não podemos passar disso.
Ó rainha de você não posso ser seu rei, Amadeu poder você não pode, mas do jeito que as coisas andam querido amigo, quer queira ou que não você é meu rei, sei que não sou sua rainha, mais você pra mim tem carisma e jeito de rei.
No momento Leia, sou noite você é dia, quando chego você já vai, mas me satisfaz ver você saindo me dizendo tchau; Amadeu, Amadeu nós dois estamos confuso, de comparações não podemos mais essa química que nos envolve complica e nos tira a paz, como você disse que é noite e eu sou dia, nosso encontro não demora mais, amanhã será o grande dia do nosso encontro, teremos de ser forte então de mais.
Haverá um grande eclipse, e dessa vez será total, estaremos juntos só nós dois e ninguém mais, tem coisa que é pra esse mundo e não pro outro meu rapaz, Leia isso não, não pode ser, nós dois sozinhos será demais me incomoda essa loucura de ser seu amigo, já me tira a paz, avalia nós dois sozinho, só de pensar estou com as mãos frias, meus pés gelado estão demais, meu coração está em pânico, minha alma louca diz que não vai, estou com medo mais não sou covarde, amanhã te esperarei, antes que o sol saia, Amadeu eu desde o dia que te conheci pensei que nesse ponto não chegaria mais, temer de ficar sozinha eu e você e ninguém mais.
 Mais como somos amigos e pelo jeito até demais, amanhã não haverá como, vamos ver se é amor ou amizade esta coisa que nos descontrola e nos tira a paz, se passarmos por este teste veremos que é possível amar um grande amigo, somente buscando a paz, Tchau Tchau.
Tchau Tchau, estou em desatento com medo e em pânico até demais, mas não posso pensar só em mim, e minha amiga como é que vai? Somos amigos, eu, ela, nossas famílias desde os nossos ancestrais, porque tem que ser assim? Amigos, e se amar dessa forma tão mágica, que diante das conseqüências já não sei o que faço mais, amanhã não haverá saída, eu, ela e ninguém mais, tem que ter uma formula, evitar não da mais, serei forte o bastante.
 Se fracassar não poderei mais ter paz, que coisa esquisita e sagaz, amar a mulher do amigo e um amigo demais! Estou pessimista em loucura, agora a noite já vai, já passou da meia, meus olhos no sono não caem, estou doido em desatento, e ela como é que vai.
Se ele é meu amigo no sono essa noite não caíra jamais, vou dar um toque no telefone dele, talvez esteja eu enganada, se ele dormir, amanhã atrasa e não vai; alô, alô, alô, quem é, quem é, se for você fale, me diga que no encontro você não vai, que o que eu ouvi ontem foi um sonho, nada mais, tum, tum, tum.
Ainda não dormiu, como é que fico calma, o relógio já vai dar uma, daqui a pouco não tenho como fazer nada mais, eu e ele nós dois juntos nosso encontro vez primeira desde atrás, não haverá mais ninguém, eu, ele e ninguém mais, ele é tão meu amigo, não tentara nada jamais, o problema é esses meus olhos, meu corpo que por ele queima e o quer demais.
 Vou tomar uma decisão tenho de ser forte nada mais, não quero trair meu marido, seria mesquinho demais, vou dar outra ligadinha, talvez o sono já o pegasse atrasa no encontro e não vai;
Alô, alô, será que é ela ou quem mais, alô, alô, essa hora da madrugada, só pode ser ela, quem mais, até agora não dormiu, e isso me preocupa ainda mais, destruir o meu lar e o dela, isso não pode ser amor, é coisa louca demais, mais se isso não for amor, como estou doido demais, já passa das quatro, pras oito não tarda mais, eta coisa das avessas, é querer uma mulher ainda mais tendo uma e é das mais cordiais, tanto eu com a minha e ela com ele, formamos belos casais, mas como não posso fugir desse encontro, não da mais, o jeito é encarar a amiga, já são sete, só falta uma, evitar não da mais, será amizade ou amor essa coisa que nos tira a paz.
Só dez pra oito, nada mais posso fazer, mudar não há como mais, nós dois na praça central, só a capela de testemunha mais ninguém e não é um sonho, essa coisa é real, e agora já é oito, e lá vem ele e vem no canteiro central.
OI Leia você por aqui, me disse mas não acreditei, pensei sonhar nada mais, como sou noite e você é dia, tentei adiar, até atrasei alguns minutos, mais já atrasei por demais, essa noite foi longa, pensei e pensei por demais, pra adiar esse encontro, encontro que é louco demais.
Nós dois aqui sozinhos pela primeira vez, desde tempo atrás, vamos ser forte, não se aproxima, de dois passinhos pra trais.
Amadeu também não dormir nenhum pouco, pra te eu liguei mais cedo e acho que liguei depois e já era tarde pra tentar evitar de estar aqui, de longe já te desejo, de perto, e sozinhos meu corpo já não domino mais. Calma Leia minha querida, lembra quando fomos apresentados e por coincidência foi por nossos velhos que diziam ser nossos pais por isso atrasei um pouquinho, antes de vim fui até o vale dos inquietos e a coisa estava quieta demais mais tinha lá uma velhinha e dessas sapecas demais, me perguntou pelo anseio que estava eu o jovem rapaz quando contei minha historia, falei de mim e de você e ela ficou louca demais, disse que um erro não apaga outro, dessa vez não calava mais, abriu seu velho baú e de dentro um único papel e nada mais, me entregou e disse-me: que viesse junto de ti, eu e você o abrisse e ai saberíamos se o que sentimos era amizade ou querer.
Mas como sou curioso, como você até viemos pra ver o nosso poder, tomei a liberdade de abrir o papel e ler, e a noticia é das boas minha cara somos irmãos filhos do Juca o bobo da corte e da Zeca do vale prazer, por isso essa química louca, eu louco e também você, um louco pro outro, por isso essa química é amizade, amor e bem querer, vais ficar com teu marido, e eu com a minha vou viver, vamos fazer uma grande festa, pra que esse erro não torne a acontecer.
    cambraiajjoao lencar
CAMBRAIA JJOÃO
Enviado por CAMBRAIA JJOÃO em 16/06/2006
Reeditado em 11/04/2010
Código do texto: T176646
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CAMBRAIA JJOÃO
Lagoa da Prata - Minas Gerais - Brasil, 56 anos
448 textos (29269 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:12)
CAMBRAIA JJOÃO