Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tua mensagem:




Um dia, quando.
Eu menos esperava
Recebi um lindo poema
Que me fala de amor
Mas na minha inocência
Não fui capaz de entender
Tua mensagem...
Nela tu falavas de amor
Do amor que a consumia
Dizias-me de sua dor
Enquanto buscavas por mim
Tu buscavas a ti, eu não entendi.
O que querias dizer com isso
Porque éramos amigos
Acreditei que seu poema
Era uma simples lembrança.
Mas triste engano foi o meu
Só muito tarde eu compreendi
A triste verdade, nua e crua.
Que seu poema, na realidade.
Era uma declaração de amor
Mas eu já havia partido
Levando no peito apenas dor.
E a duvida, que me consumia!

Volnei Rijo Braga

Pelotas: 16//06/06










Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 17/06/2006
Código do texto: T176924
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147473 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:59)
Volnei Rijo Braga