Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noiva molhada:



Noiva molhada...
Foi isso que eu pensei
Quando eu vi, ela tranqüila.
Caminhando sem se preocupar
Com a tempestade que caia
Seu vestido, colado ao corpo.
A deixava praticamente nua
O véu na mão arrastando ao chão
Seu vestido branco sujo de lama
A deixava bem mais atraente
Não parecia em nada com a mulher
Que em instantes se casaria comigo
Mas a culpa, era dela, ela escolheu.
Queria ir a pé até a porta da igreja.
No dia do seu casamento, pois.
Este era seu ultimo passeio a sós
Sem aias, sem ninguém, apenas ela.
A recebi nos braços, lhe disse sorrindo.
Teu sacrifício foi e vão o padre não veio
Ela sorrindo me perguntou, por acaso.
Isso esta te preocupando, a mim não.
Com padre ou sem padre, vou contigo.
A enlacei pela cintura e a levei pela rua
Com padre ou sem padre, perdi a liberdade.
Mas em compensação, hoje eu tenho você!

Volnei Rijo Braga:

Pelotas: 17/06/06
 















Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 18/06/2006
Código do texto: T177698
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147462 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:34)
Volnei Rijo Braga