Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DROGA



Quieta estava no meu canto,

Quando chegaste por encanto,

Com a melodia do seu canto,

Desejando-me mais um tanto;


Agora estou com a minha vida,

Por teu encanto, remexida.

Sem saber de uma saída,

Mas não pensar em despedida;


Pensei até numa razão,

Cheguei fazer uma oração,

Para dar-me a direção;


Preciso agora lhe falar,

Não sei em que isso vai dar,

Pois meu desejo é te aceitar.


Reinildo
Enviado por Reinildo em 18/06/2006
Código do texto: T177874
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Reinildo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 52 anos
78 textos (3655 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:26)
Reinildo