Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MAIS... É POUCO!


Ainda é cedo pra dizer adeus
minha princesa adorada,
não fuja, não desapareça na curva da estrada;

Ainda quero morrer de amor nos braços teus
e sentir o gosto da tua boca molhada,
não me abandones, não me largue no meio do nada;

mais do que tudo,
carrego o meu amor do fundo de minha alma,
e lhe entrego abertamente,
todo o carinho do mundo
só pra tí,
meu amor!

Agora estou novamente longe
e preciso saber de você!
Toda minha energia, toda minha força
adoeceu pelas das ranhuras de minha alma.
Mas, tenho certeza
que o nosso amor é mais forte
e que os carinhos que eu tanto espero
e aquela cochichada no ouvido que tanto quero,
e os momentos de resistência ao tempo
os mesmos gostos e os pensamentos
ainda vão nos juntar
numa só medida
no mesmo caminho desta vida.

Preciso de você mais do que tudo,
preciso de tudo que gosto em você
preciso da sua história,
do momento certo e da hora exata,
daquele seu jeito tímido, íntimo,
que me faz tão feliz.
Preciso de sua beleza
da sua aura certeira e do seu “sexto sentido”
que me acompanha
por este mundo
e o faz perfeito,
bem do seu jeito,
nas palavras que sempre diz...

ah! hoje eu sei muito mais do que o nada que sabia
e tudo o que sei
foi com você que eu aprendi.

Sigo o seu caminho e a suasombra,
e tenho pressa
para admirar a sua beleza e a da lua
e,mais ainda, tenho certeza,
que mais perfeito que o sentimento cósmico
é a tua formosura...
aqui, somente aqui, feito um mal que não se cura,
exatamente como a geléia real,
que faz da abelha-rainha, a mais pura,
faço das palavras poéticas do mundo, as mais belas,
as minhas juras,
faço do maior vale encantado da história,
o meu coração,
um verso que encantará
sua memória...
e assim vou cantando em poemas todo o meu amor,
especialmente numa linda frase:
eu te amo!


AVIENLYW - (13/9/2001)

WILDON LOPES
Enviado por WILDON LOPES em 18/06/2006
Código do texto: T177924
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("você deve citar a autoria de AVIENLYW e o site www.wildon.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
WILDON LOPES
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
269 textos (14459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:22)
WILDON LOPES

Site do Escritor