Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto do Amor

Queria tê-lo bem perto!
Às nuvens deitar-me serenamente
Saciar meu desejo, já permanente
De um delírio de amor, por ti...o eleito.

Os suspiros soados de quando me deito
E teu cheiro impregnado em minha mente
Sozinha neste silêncio tristemente
Entrego-me aos suores deste rude leito.

Nestas noites e quando o sono desperto
Procuro teu rastro e por não tê-lo, livremente
Te tenho nos sonhos novamente.

Sentindo-te tão longe do peito!
A espera do prazer que me consente
Ao mistério deste amor onipotente.


18/05/05
LuliCoutinho
Enviado por LuliCoutinho em 18/05/2005
Reeditado em 22/01/2006
Código do texto: T17820
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuliCoutinho
São Paulo - São Paulo - Brasil
863 textos (158639 leituras)
2 áudios (428 audições)
7 e-livros (1313 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:46)
LuliCoutinho