Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESPOJANDO AS FOLHAGENS




Eu penso bem de você,
Em viver ali na superfície,
Mirando o que se reflete,
Na água doce do amor.

Quero vê o que s`esconde,
No silencio solitário da noite,
Na flâmula feita por um conde,
És a minha baronesa do mote.

Tangendo o sonho que s`esconde,
Na floresta em cada pernoite,
Eu quero um beijo num abraço,
Lapidando o prazer à noite.

E na manhã fria sem lua,
Ainda quero possuir o teu corpo,
Acordando completamente nua,
Tua e crua  na minha mente.




ERASMO SHALLKYTTON
Enviado por ERASMO SHALLKYTTON em 19/06/2006
Reeditado em 06/10/2011
Código do texto: T178669
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ERASMO SHALLKYTTON
Caxias - Maranhão - Brasil
4168 textos (2055707 leituras)
1 áudios (971 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:01)
ERASMO SHALLKYTTON

Site do Escritor