Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A FORÇA DE UM AMAR!

E por opção eu coloquei o meu coração
Num ostracismo de paixão...
Não queria mais o sofrimento...
Nem o turbilhão dos sentimentos.

Me dei o direito de poetar o sentimento alheio...
Variei temas, tentando ampliar os versos
E não abandonar a poesia.

O marasmo era minha nova vestimenta
E o meu riso não tinha alegria...
Passava pela vida, ou me deixava arrastar...
Mas poetas não sabem viver sem um amar!
E fui pega, num repente, por esse invasor.

O amor é um sentimento que não pede para entrar...
Ele invade, sem esperar permissão.
É um visitante que fica em nós como uma cola
E quando vemos, estamos compartilhando emoções.

É como se fosse uma doença,
Mudando nosso estado emocional...
Mas quando é correspondido
Nos faz herói a viver um ideal.

Tenho medo de vivenciar essa experiência...
De me fazer entrega total...
Mas você não me sai da cabeça
E só me resta me deixar levar...
Por esse sentimento tão intenso
Que hoje me faz você poetar!

Santo André, 28.01.04 - 22:40 h
Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 20/06/2006
Código do texto: T179407

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
634 textos (89721 leituras)
14 áudios (2047 audições)
4 e-livros (1046 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:48)
Enloucrescida