Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TECLANDO


Devagarinho
fui deixando
que entrasses no meu peito.
Agora...
quero tirar-te
mas dói.
Gostei do teu jeito,
da tua maneira de falar,
teclar...
Precisei do teu ombro,
e tu deixaste
que me apoiasse,
que desabafasse.
E sem que desse por isso
colei-me a ti.
Agora!
Não consigo adormecer
sem te ver.
Preciso do teu abraço
do teu apoio
do teu ombro.
Preciso de sentir-te,
saber que estás desse lado,
teclando...
para mim olhando
e...
sorrindo.

Biazocas
Enviado por Biazocas em 21/06/2006
Código do texto: T179500
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Biazocas
Portugal, 65 anos
423 textos (15828 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:46)
Biazocas