Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHAS MENTIRAS

Quisera em minhas mentiras
As mais remotas culpas
Confessar de maneira clara
Denotando por meio delas
Simplicidade com a qual sigo.

Nessa rotina mareada
São passos largos levando
Ao profundo de horas a fio
Em grandes verdades
Transcender por passagens.

Celebrando com harmonia
Segredos meus confessos
Sussurrados ao pé do ouvido
Feitos em momentos de fraqueza
Para nunca a perder.
Julio Alves Filho
Enviado por Julio Alves Filho em 21/06/2006
Código do texto: T179642

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Julio Alves Filho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Alves Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
233 textos (13516 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:05)
Julio Alves Filho