Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JANELA ENTREABERTA

Sua presença enobrece,

realça minha condição de

plebeu.

 

E quando isso ocorre,

tudo se transforma,

até ando sobre as nuvens

certo de que a felicidade não morre.

 

No universo do meu tempo ,

mesmo por poucos minutos,

me converto em um monarca

reinando por completo,

em sua beleza de mil encantos.

 

Mas, os sonhos terminam cedo,

o tempo se escoa mesmo

em se tratando de um

mundo de realeza.

 

De súbito, vem chegando

devagar, a confirmação

de que estou novamente sozinho,

e assim, termina o domínio

e a viagem de um rei...

 

Chega também uma

sensação de saudade,

que entra sem pedir licença

pela janela do coração,

que teimosamente insiste

mantê-la entreaberta,

não se importando

com o que aconteça depois ...

 




 

 

 

 

 

 

 
 
Wil
Enviado por Wil em 21/06/2006
Código do texto: T179646
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2613 textos (84527 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 15:59)
Wil