Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AH! MEU MUSO

Entenda a minha poesia,
Ela é o meu jeito de amar...
Com ela traduzo minha vida...
É assim que sei me entregar!

Sei que não posso tê-lo comigo
A todo instante, a todo momento...
Então quando a saudade bate em meu peito,
Quando meu corpo clama por você...
Eu paro tudo e me deixo levar
Pela minha poesia, pelo meu poetar!

E começo minha viagem, tendo você comigo...
Crio então o cenário, a trama, o enredo...
Pego meus pertences, meu caderno, minha caneta...
Deito em minha cama e me deixo levar...

Nessa minha loucura, sinto até seu cheiro,
Suas carícias, o suor, os pelos, o peso...
Tenho você, então por inteiro...
Fazendo amor, trocando juras eternas...
Até que eu consiga voltar.
E faço então nascer minha poesia,
Nessa insana vontade de te amar!

Ah! Meu muso, minha vida, meu amor...
É assim que eu vivo, que tenho você...
Na minha fantasia...
Em minha cama vazia...
Traduzindo em poesia
A falta que eu tenho de te viver!
Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 21/06/2006
Código do texto: T179725

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
634 textos (89724 leituras)
14 áudios (2047 audições)
4 e-livros (1046 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:17)
Enloucrescida