Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Matematica do amor


Tão triste com tudo
Já não tenho motivos pra sorrir
E chorar? Só no escuro
Então apaga a luz, deu vontade de dormir

Acordo tão cedo
E sinto a falta que você me faz
E na vida percebo
Só com você sou feliz, e assim vivo em paz

Saio sozinho
Sempre me perco não sei o que fazer
Só encontro meu caminho
Se estou na estrada que leva a você

Até agora não entendo
Mas quem disse que no amor existe razão?
Sei que vivendo eu aprendo
Que o tempo é conselheiro do meu coração

Saiba que vou com você pra onde você for
Não importa o tempo, saiba que eu te espero
Pois descobri na matemática do amor
Que eu menos você sou igual a zero
 
Denio Limeira
Enviado por Denio Limeira em 22/06/2006
Código do texto: T180177
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Denio Limeira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 34 anos
82 textos (4873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 15:05)
Denio Limeira