Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teu amor, tua doçura

Nossas falas são profundamente doces...
Doces como o teu ressabiado sorriso
Sensação açucarada e quente que me invade...
Teu amor me paralisa qualquer tipo de resistência
Domina-me qual magia magnética dos astros à Terra
Atrai-me como o cheiro molhado do verão...

Sabes realmente como me render
Quão lindas coisas sempre arranjas para dizer
Doces tal néctar pelos cuitelinhos colhido...
Teu amor me embala, nina, acalma
Materializa a felicidade e a coloca ao meu dispor,
Põe-te ao meu lado conforme estás, metade de mim...

Tu me encantas a todo o momento
E te mostras o mais certo diante das incertezas,
Doce quanto és, embora não mais que humano eu sei...
Teu amor me melhora o dia, preenche-me de inspiração
Coloca sempre um sorriso ao alvedrio de meu rosto
Toca-me com emoções jamais experimentadas...

Nossas falas me deixam assim
Denso estado de fleumático regozijo poético
Doce que me fazes, doce que te apresentas...
Teu amor é que me impulsiona a perseguir sonhos iguais...

Amor, não te mudes, não te retoco em nada, és como quero
Tão açucarado e quente que me complementas...
Tenho-te muito terna e suavemente...
E ter-te para sempre é  ardente e audacioso desejo...





 
 
Nalva
Enviado por Nalva em 22/06/2006
Reeditado em 20/05/2014
Código do texto: T180212
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nalva
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 49 anos
102 textos (15404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:26)
Nalva