Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Leveza

Leveza sublime que borbulha
flores pelo arbusto andante,
minh’alma ri,levita e espalha
perfume liberto transpirante!

Uma força d’encanto misterioso
pendura no céu as montanhas,
cujas raízes grossas e tamanhas
erguem este meu  lar choroso

de suplicar ávida que me ames,
para não deixar o coração sangrar
toda a esperança dos perfumes,
haja uma noite nova a singrar!,

se não,melhor seria perder-me
para a noturnidade em seu cume
com cada esperança adormecida
a reflorescer noutra estiada!

Leveza me da teu olhar pensado,
com uma lágrima quieta a orvalhar
meu sonho de pedra desesperado,
cujo último suspiro tenta espalhar!,

para contemplar as flores chovidas
encharcando e ungindo nossas vidas
dando adeus à ansiedade dos esperares
é chegado tempo de crescerem os mares!

Santos-SP-24/06/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 24/06/2006
Código do texto: T181450
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 08:58)
Inês Marucci