Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sami, de novo (eterna garota loira 2)

Sami, de novo (eterna garota loira 2)

de novo você, eterna garota loira
mas agora em outro singelo rosto
que vem em minha cabeça quando eu nem estou ai pra você
que me pega de surpresa em inúmeros lugares
que olha pra mim e tenta não remontar ao nosso passado
mas você mesma acha isso impossível
que fiquei impresso em você

não queria que você me negasse assim da tua vida
essa tua certeza é assim pra mim tão dolorosa, meu amor
que seria tão bom se nada disso fosse real
se nada disso fosse sincero
que nada disso fosse meias-verdades sequer
que eu não tivesse que te ver voltar sem sutiã pra casa
por mais uma vez
se esvaindo em eterna volúpia por entre as ruas dessa cidade
onde eu já fiquei perdido por não ter perdido 2 reais

eles me conhecem
eles por alguma vez sabem o que eu fiz
bêbado e tropeçando por entre essas ruas noturnas
de Florianópolis ao Tibet
mas de nada adiantava eu sonhar ou me deixar seduzir
são fantasmas que ecoam na minha mente
são seres oriundos de mim mesmo
é você que ainda está com mensagem gravada
em meu telefone que acumulou tanta energia negativa

teu bracinho se encaixava tão bem com o meu
tuas pernas em cima da minha foram assim tão quentes
te amei tanto
que não quis acariciar os teus seios logo na primeira vez
te amei tanto
que em 20 dias quase enlouqueci
te amei tanto
que ao final sabíamos que fazíamos as mesmas coisas sem estar perto
ou mais ligados
porque você já tinha dito adeus
e ainda estava por ai
com meu dragão de prata
que te dei de presente
naquela que foi uma das minhas noites mais felizes

vou deixar que o vento te leve
vou deixar que o vento te importe para outro Céu
vou deixar você ser feliz
essa é a minha maior prova de amor
ainda assim queria saber o que se passa na tua mente
pra ver se você esqueceu mesmo desse teu amor de fast-food aqui...

e que DEUS possa te abençoar em tuas conquistas e insônias
e que você sinta perfumes e aromas
quando colocar em mãos
o pequeno dragão de prata que saiu de meu corpo
e foi quente para dentro do teu quarto...
...com você...


Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 26/06/2006
Código do texto: T182369
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70529 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:22)
Rônaldy Lemos