Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Um Bolero Apenas!


Um bolero, apenas!
Uma dança final, sem penas nem revolta,
Sem ciúme, sem suspeitas!

Um bolero apenas,
e nossos corpos poetando,
e se entregando,
solucionando por fim
o que as nossas almas
complicaram!

Um bolero apenas,
um toque acetinado de nossas maos,
por entre nossos rostos,
crespos de duvidas e desesperos!

m enxugar de lágrimas gémeas,
numa correria louca,
para atingirem a meta,Um peito feito lago,
onde as emocoes navegam em desalento
e num medo de perder a rota,
que leva o coração, ao porto de Abrigo,
onde meu amor se encontra sempre, contigo!

Um bolero apenas,
um bolero único e sublime,
Que imortalize o nosso amor,
de uma forma genial,
um bolero apenas, meu amor!

Depois..
podes partir para outras danças, se o quiseres!
Para mim, quero só este bolero apenas, e ...
Um poema!!

Rute Gomes
Aguarela Matizada
Enviado por Aguarela Matizada em 26/06/2006
Reeditado em 09/06/2010
Código do texto: T182461

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aguarela Matizada
Brisbane - Queensland - Austrália, 57 anos
266 textos (10830 leituras)
8 áudios (206 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:10)
Aguarela Matizada