Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Paraíso


A calma anestesia o pensamento
apenas o pôr-do-sol
o orvalho da manhã
despertam os sentimentos...

Rastros descalços marcam a areia
espumas quebradas na beira mar
apressam-se em apagá-los
levamdo para si os segrados...

Brisa agita as folhas dos coqueiros
saudando o novo dia
em harmonia com a dança alegre
das andorinhas-do-mar...

Rochedos insistentes
permanecem firmes
jogando pro ar
a fúria do mar...

Imensidões verdes,azuis, brancas...
É sinfonia de amor infinito
o Édem prometido
carinho para o espírito...


Poesia publicada na 26ª Antologia de Poetas 
Brasileiros Contempôraneos - CBJE
Jamaveira
Enviado por Jamaveira em 26/06/2006
Código do texto: T182593
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jamaveira
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 62 anos
1943 textos (95972 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:03)
Jamaveira