Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0729 - Amei seu corpo


 

Ontem amei seu corpo e sua alma,
não o sonho, serei verdade nestas próximas noites,
na sua cama toquei os seios nus,
adormeci depois com seus olhos rondando os meus.

 
Ontem caminhei entre seus pensamentos,
atravessei seu coração como se fosse mar,
tomei seu sexo como se virgem fora,
naveguei calmo nas ondas das suas emoções.

 
Voltei e não vi as ruínas das ruas do meu corpo,
senti que meu espírito foi d'alma,
desbravei a selva dos meus pesadelos,
viajei no futuro até um dia que jamais sonhei.

 
Amei a noite como só na noite se ama,
mudei a posição da lua, do corpo, mudei pra mim,
fui o amor que caminhou lento até de manhã,
quando o dourado apareceu na janela, ficamos mais.

 
Então mais uma vez amei seu corpo e sua alma,
larguei as promessas de um dia, qualquer promessa,
voltei seus lábios para junto aos meus,
as palavras ficaram soltas dentro da boca, deixei o beijo.


27/06/2006

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 27/06/2006
Código do texto: T183240
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116250 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:18)
Caio Lucas