Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Cometa

quando desse nosso amor não restar mais nada
quando e nossa pequena grande historia nada mais restar
e quando você e me encontrar na sarjeta mais próxima
ai sim você vai ter a certeza do quanto te amei

quando você ver que as minhas palavras não são assim tão redondas
que elas vão e não voltam como você pensa
quando você sentir o verdadeiro amor por mim
e não mais me prender assim desse modo tão banal
ai sim você verá o quando eu podia ter sido mais feliz

porque você me diz que nossas conquistas não deram certo ate hoje
se cada dia olho pra você co mais brilho do que ontem?
Porque me chamas de “meu amor”
Se por dentro você me trata apenas como a um companheiro fiel?

Confesso a você
Que as vezes eu não sei que estilo de vida levar
Se como um Deus ou como um ser humano alienado como você
Não sei se erro ou se reclamo
Se aprendo ou chuto as latas de lixo que eu ver por ai
Não sei se te traio ou se te cultivo
Apenas não quero
Que esse tormento e cometa de minhas emoções
Estoure em você
Porque mesmo sem querer
Você me prende e não sabe disso...


Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 28/06/2006
Reeditado em 28/06/2006
Código do texto: T183565
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70529 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:49)
Rônaldy Lemos