Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHERES

Amo as mulheres azuis, derretidas em sorvetes
No fim de tarde mais azul que alguém pode sonhar
Onde pássaros cruzam seus blues como grafites amorosos
Umas lagos mansos, outras mares mais que revoltos
Sempre azuis a sonharem barcos cruzando
lagos de chocolate...

Amos as mulheres verdes, mangas não apanhadas
Sombras frescas no colo da manhã ensolarada
Verdes galhos, promessas de pomares
Não conhecem as estações, não há outonos
Apenas o amor verde-escuro que promete mordidas
Verde-lágrima do primeiro amor acontecido...

Amo as mulheres vermelhas, filhas de antigas guerras
Cerejas de jardins suspensos e molhadas pelo orvalho
Noturno perfume de luas perdidas, vencidas e vencedoras
Não rejeitam uma pequena batalha, nem uma grande aventura
Serenas e ponderadas, enlouquecem ao menor rumor
De beijos violentos e despudorados sobre o tapete...

Amo as mulheres brancas, aquelas que sonharam a paz dos dias
Que levantam cedo e acordam os barcos de cais perdidos
Amamentam os nautas do futuro com leite branco em peitos escuros, tateiam na noite imensa evitando perdas e danos
Mesmo que seus filhos se desviem das rotas e busquem
Torná-las insanas, mesmo assim poderosas e humanas...

Amo as mulheres achadas e perdidas, negras e brancas
Do sul de ilhas desaparecidas, no poder ou sem poder
Mulheres podem tudo e mais que tudo podem tudo fazer
Amo vê-las passando pelas longas avenidas dos séculos
Em suas vestes flutuantes, em seus seios delirantes
Em sua mesma e verdadeira e única grandeza universal
Serem quem são sendo sempre amantíssimas de quem as ama
E amando mesmo àqueles que não sabem o quanto de tanto amor.


Preto Moreno



Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 28/06/2006
Reeditado em 28/06/2006
Código do texto: T183879

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6777 textos (102518 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:51)