Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HÁ COISAS SEM SENTIDO

                 A ti, sabes bem quem és…
                  HÁ COISAS SEM SENTIDO
                 (pequeno letra de amor)

Não me perguntes nunca
Porque quero estar contigo
“Apenas” te amo
Simplesmente porque

Há coisas sem sentido

Na evidencia de símbolos
E demais sinais exteriores de riqueza
És todo o meu ouro
Porque eu contigo sinto que faço parte da nobreza

Onde os sentimentos
São aquilo que ostentamos
Para dizer ao mundo
Que nos amamos

Contra ventos e tempestades
E futuras envolvências
A ternura em nós é perene
Relógio que marca assim a sua cadência
Nos beijos que se trocam
Em demais afectos secretos
O tempo vai passando
Tu és o meu mundo
O meu tecto
No qual vejo as estrelas
E o universo que me está sempre a maravilhar
Na promessa de juras eternas
Nas quais eu te digo
Que é contigo que eu quero ficar
Porque és o único fato que me assenta
Eu com ele
Até fico giro
Mesmo que outros digam que me fica mal
Na lógica ilógica
Que só nós entendemos

Há coisas sem sentido
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 29/06/2006
Código do texto: T184295

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170353 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:13)
Miguel Patrício Gomes