Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosa da meia-noite

Perdido num jardim perto do meio dia
Eu te vi assim tão terna embaixo de um guarda chuva
Eu te perdi no meio e minhas paranóias
Eu não te achei mais em meu coração

Te perdôo mesmo estando eu diante da cruz
Digo que te amo estando pregado na cruz
Sou aquele que você jamais sonhou em ter
Me prenda cada dia mais em você e assim serei somente seu

Não chores por mim quando eu morrer
Meu perfume ainda ficará no lenço que te dei
Sou aquele que está pintado na moldura da tua mente
Tenho o cedro e o cálice em minhas mãos
Sou o teu Profeta e o teu pai
E por isso te amarei eternamente

Sou assim tão surreal e imoral
Que você se encanta só de olhar a mim
Sou tanta coisa afável
Mas sem você sou meramente EU

Sem suas mãos
Sem seus pequenos conflitos internos
Sem suas piadas infames
Sem o seu olhar de amanhecer
Sem suas coisas doces pra me alimentar
Nosso amor te sustenta
Não sei como vivi ate aqui

Você é o meu sonho favorito
Tua vida é meu diário secreto debaixo do tapete
Você é minha doce ilusão que realmente existe
Você é o meu singelo livro de poemas
Minha mão que afaga a mim mesmo
E quando penso que estou sozinho
Você brilha teu sinal secreto ao céu...


Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 29/06/2006
Código do texto: T184410
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70531 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:26)
Rônaldy Lemos