Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Medos

Medos instantes que se transformam em densas relvas de amor
Já não estão mais entre nós
Tudo se acabou e nada se viu
Tudo se mortificou e assim se fez instantaneamente

Saudade de te perder
Eu não queria mais ter que cavalgar por frias noites de verão da minha cidade
Eu não queria ter que te ver em meras visões de poça d´água
Eu queria apenas te ter
Oferecendo-me um chocolate quente sem que eu pedisse
E eu te levando pelos lugares onde vivi boa parte de minha vida sem te ter

Medo da solidão
Medo da felicidade
Medo que DEUS me abandone
Medo que minha mãe torne a me abandonar
Medo de alguma árvore espessa cair por sobre minha cabeça
Medo de que toda essa épica historia se acabe

Eu ando nas ruas e vejo o rosto de cada pessoa
Cada uma com seus problemas
Muitas já se esqueceram de sua origem Divina
Muitas delas as negam com veemência
E apesar de meus tormentos
Eu continuo a andar nas sendas do Senhor

Queria ser o adivinho do teu coração
Pra sempre entender o que você quer me dizer
Pra sempre ter a você uma palavra de amor e confiança sem que você me pedisse
Pra acertar todas as horas em que você vai aparecer se surpresa na minha casa
Pra dizer ao Mundo que eu te amo e que finalmente eu te achei
Esteja você em Dalas ou Paris
Desde os meus 3 anos
Tenho medo de te perder
Não se vá assim tão fácil
A gente ainda tem que viver toda essa linda Profecia

Prometo que vou sorrir a você
Quando o maior de meus tormentos vier a mim...
Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 29/06/2006
Código do texto: T184413
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70525 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:39)
Rônaldy Lemos