Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Minha Clau...

Te sentir e não te ter foi tão bom
Eu me contentava e ouvir a tua voz ao telefone
Mas você bem via o quanto eu chorava
e me debruçava ao chão quando você me negava

você ainda é parte de mi meu amor
sei que pelo menos uma vez na semana você se lembra de mim
não sei se com rancor ou angustia teus sonhos te revelam
você queria agora estar em nossa casa com nossos sonhos vivos

creio que uma parte do teu coraçãozinho está machucada
enfartada por ter me retirado de você

não sei ate hoje se você se arrependeu
das coisas que fez e deixou de fazer pela gente
me sinto um viúvo
um homem só
que lá no fundo da mente
esse homem escuta algo do tipo...”você não amará mais ninguém como amou a ela”
e assim está se fazendo

depois que a gente conhece o paraíso
não quer mais estar em um assento vazio de um banco
olhando as ruas passarem com suas pessoas
carros e gente com seus namorados
a gente quer viver
tomar da água do Amor
e meu copo está seco

a gente pode viver de tudo
experimentar varias fases
vários estilos de vida
varias filosofias enganosas ou mentirosas
ter raiva do mundo ou perdoar quem te deve
mas sem o teu amor
sempre uma lacuna irá ter em mim
ainda que seu seja homenageado com bandeiras
ainda que as pessoas digam que tenho bom coração
ainda que eu salve a milhões
sempre
você irá faltar
infelizmente
como se um de nos dois estivesse muito longe, “inaproximavel”
um dos dois
mortos...
Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 29/06/2006
Código do texto: T184702
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70504 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:31)
Rônaldy Lemos