Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amar

Toda vez que amo
Parece a primeira vez.
Tento por em prática
As lições que aprendi
Com minha passada 'lucidez'.

Quando penso no amado
O sono foge, a concentração some e
O meu coração em felicidade padece.
E chego à conclusão que amar novamente
Não é tão difícil quanto parece.

Amo e não percebo,
E quando me dou conta
Fico com medo, envergonhada.
De talvez fazer papel de boba, iludida, pirralha,
Ou até mesmo Infantilizada.

Mas se o amor Infantil
É o mais puro que há,
Não deveria, eu,
Ter motivos para me envergonhar.

Mas fico feliz em apenas dizer
Que novamente estou à amar!
Luiza Paes de Barros Beltramini
Enviado por Luiza Paes de Barros Beltramini em 29/06/2006
Reeditado em 01/10/2007
Código do texto: T184737
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luiza Paes de Barros Beltramini
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 24 anos
67 textos (3697 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:13)
Luiza Paes de Barros Beltramini