Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tua vóz

TUA VÓZ
Guida Linhares
 
 
No meu silencio ouço tua vóz
a me dizer baixinho
sai da gaiola passarinho
livre desta dor atróz
 
No coração a amargura
teima em permanecer
foi tamanha a desventura
que eu só queria morrer
 
Mas tua vóz me dizia
pense na vida que é benção
cultiva no coração a alegria
 
Coloca nos sonhos a atenção
tua vóz sempre repetia
e assim nasceu uma doce paixão

Em dueto com

SILENCIO
Jorge Linhaça
 
Silencio e silenciando ouço
ouço a voz de minha alma
alma que chora no calabouço
da emoção que em mim se espalma
 
Silêncio, sublime momento
momento de pura reflexão
Reflexão que se faz necessária
necessária limpeza do coração
 
Silencio pois a minha voz
voz que quiça possas ouvir
ouvir no silêncio tão atroz
 
Que te faça enfim refletir
refletir no que queremos nós
Nós podemos um dia sorrir?
 
***

Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 29/06/2006
Código do texto: T184758
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158419 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:23)
Guida Linhares

Site do Escritor