Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto da Solidão

Amar e não ser amado:
-Há sentimento pior?
Quem se sente desprezado
Sofre, chora. Triste e só!

Meu coração entreguei
A quem o fez um cativo
Não devia, agora sei
Ofertá-lo ainda vivo

Pois ao dá-lo de pronto
Sem saber a quem o dava
Ao incerto fui de encontro
Que a solidão me ofertava
Hoje vejo qual um tonto
Me arrependo, cego estava.









Edmar Claudio
Enviado por Edmar Claudio em 30/06/2006
Código do texto: T184852
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edmar Claudio
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
217 textos (25398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:44)
Edmar Claudio