Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma Louca Verdade

É possível que a loucura,
Em manhãs de amor eterno,
À minha mesa se farte.
Ou que em meu leito,a amargura,
Em frias noites de inverno,
Trace as formas de quem parte.

Contudo,aqui neste peito,
Tudo sente com ternura.

E quando falo de amor,
Não duvides da candura
Destes versos,por favor!
 
Eu quero te convencer,
Durante uma dessas danças,
Que o meu amor é verdade,
Que nada em mim é vaidade.
E que nós,duas crianças,
Valsaremos até tarde,
Como amantes em festança
De paixão que insufla e arde.

Quando então, meus braços sigam
O que teus lábios me digam,
E o meu beijo te estremeça
A boca e a alma travessa.

Pra que nunca mais descreias
Dos pulsares mais profundos
Que alimentaste,fecundo,
Na correnteza das veias.

Zully Oney Teijeiro Pontet
Enviado por Zully Oney Teijeiro Pontet em 01/07/2006
Código do texto: T185388
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zully Oney Teijeiro Pontet
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 59 anos
219 textos (13424 leituras)
1 áudios (112 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:09)
Zully Oney Teijeiro Pontet