Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
nuvens brancas

você pode ser como alguém que eu jamais conheci
até porque se porta como tal
é um cavalo que não se doma
é alguém que não te pertence
se eu cair aos seus pés você não seria capaz de me juntar
se eu cair em teus pés quem sabe você se alegre de minha morte
ai será tarde demais
porque eu já não vou mais voltar
ódio, rancor e lágrimas
o tempo em mim não sobrevive
todos vivem suas vidas alienados e se esquecem de sua importância no universo
guerras podem vir
eu posso te pedir o pão
eu queria repartir o pão
mas nem em meus profundos apelos me dão valor

eu queria sorrir sem ter que pagar nada por isso
eu queria cantar e não ter ninguém pra me censurar
ao menos o meu grande tesouro eu tenho:
não sou bitolado em neuras
não tenho medo de muita coisa
tenho coragem até de sobra
tenho a energia que muitos queriam ter
tenho a força de 10 camelos, talvez

só te peço que não se esqueça de me amar
mas me deixe ser livre
me liberte de teu julgo
não me trate como ser inferior
não me culpe se não sei ser normal
eu sou assim
queria que você me amasse mais
queria que você soubesse me relevar
queria viver entre sábios
e não mais escutar essas tuas palavras vãs
e que o Senhor Deus do Céu me ajude e me suporte
preciso do Senhor
preciso de você
preciso do mínimo elemento da Natureza...
Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 01/07/2006
Código do texto: T185677
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70502 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:53)
Rônaldy Lemos