Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Passarinho do Farol


 
 
De repente ele chegou de mansinho
mas batia forte suas asas pequenas
parecia tão frágil este passarinho
quando perto de mim sacudiu as penas
 
Em meu semblante um sorriso surgiu
vendo esta criaturinha tão delicada
que fiquei imaginando de onde partiu
e passei a perseguir a sua revoada
 
E percebi que ao farol ele foi direto
quando me dei conta ja estava dentro
observando o interior muito de perto
encontrei a gaiola na mesa do centro
 
A portinha estava entreaberta recente
e num exame mais profundo vi sangue
sinal de que uma batalha persistente
deve tê-lo deixado por um tempo exangue
 
Contudo fortaleceu-se quem sabe talvez
pela ânsia de poder voar em liberdade
conhecer outros ares e cercanias de vez
buscando sempre a almejada felicidade
 
Santos, SP
1º julho 2006
 
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 01/07/2006
Reeditado em 01/07/2006
Código do texto: T185890
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158354 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:30)
Guida Linhares

Site do Escritor