Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAMPOS DE MARTE, MARES VERMELHOS DE TERNURA

A ti, a mais sublime entre as sublimes
CAMPOS DE MARTE, MARES VERMELHOS DE TERNURA

Vamos brincar à imortalidade
Pois só esta e o amor perdura
Algures na minha imaginação
Estou contigo nos

Campos de Marte, mares vermelhos de ternura

No fundo do que sou
Bem nos mundos nos quais estou sempre a viajar
Quero-te lá comigo
Lá contigo quero estar

Campos de Marte, mares vermelhos de ternura

Parte do meu ser
Prefiro ter-te como amiga
Do que ter de te perder
Dei-te mil honras
Mil honras te irei dar
Mas a maior de todas
É para os meus mundos
Te convidar a entrar
Para que os vejas como eu vejo
Enquanto
Te afago o cabelo
Em vez de te dar um beijo
Porque quero que faças parte deles
E me ajudes a encontrar o meu Deus
E se um dia me permitires
Que os teus sonhos
Também sejam os meus
Porque o que sinto por ti
É a coisa mais pura
Que me ajudas-te a descobrir sem querer
E a querer
Te dou

Campos de Marte, mares vermelhos de ternura
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 02/07/2006
Código do texto: T186227

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170347 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:59)
Miguel Patrício Gomes