Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Demência

De novo esta vontade de gritar
E de mandar às favas
Toda a minha racionalidade,
Todo o meu sentido de autodomínio,
Todo o meu conceito de felicidade.

Quero chorar como qualquer mortal
E ter-te só desejo, ser teu animal
Prá mergulhar no mar intenso do teu sexo
Sem buscar-lhe a razão,
Nem mesmo encontrar nexo.
Só me dar
E cravar-te os meus dentes
Como dois dementes
Sem mentes...
Sementes
Somente!...
Luiz Roberto Bodstein
Enviado por Luiz Roberto Bodstein em 02/07/2006
Código do texto: T186307
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Roberto Bodstein
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
74 textos (40460 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:07)
Luiz Roberto Bodstein