Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MIL BATALHAS

               A ti, a mais sublime entre as sublimes
                           MIL BATALHAS

Começaram
Por não me poderes amar
Uma guerra em mim
Estás prestes a se iniciar

Mil batalhas

Estão no meu horizonte
Mil infernos de sofrimentos indizíveis
Onde a minha alma vai andar a monte
Para deles fugir
Deles poder sobreviver
Pois a vida é um dom
Do qual a sua energia quero poder beber

Mil batalhas

Que terão o teu rosto
Terão a tua marca
Porque tudo perdi
Porque tenho no coração uma enorme farpa

Mil batalhas

Nas quais irei por ti lutar
É provável que não as ganhe
Mesmo com a força de te amar
Esse inferno começou
É como um longo Inverno
O frio entorpece-me os sentidos
Mesmo que te tenha por perto
A guerra…Não é contra ti
Nasceu em mim
Para mim
Porque me deixei gostar
Da tua linda pessoa
E isso…minha querida
Magoa…
Mas sei que um dia
A minha paz perdida
Voltará, tal é possível
Estarei com sono e tranquilo
Quando me encontrar e te encontrar
Finalmente face a face com o invisível

Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 03/07/2006
Código do texto: T186565

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170312 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:19)
Miguel Patrício Gomes