Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por favor Não.

Não diga não;
Esse é o mais precioso momento;
Por que não;
Esse é o tempo do amor;
E não me fala;
Já não sinto mais isso por ninguém.

Por que;
Esse amor;
Está em mim em cada manhã;
E estou a pensar sempre em ti;
Quando sonho;
Sonho apenas contigo;
E fico sempre aqui na espera;
Dessea amor;
A espera de ti.

Por isso diga-me;
Diga-me que me amas;
E diga;
Diga-me que jamais vai me abandonar.

Não quero mais;
Esse sofrimento em meu coração;
Preocupado onde estás tu;
Será que dentro de mim;
Esse amor irá viver por toda a eternidade;
Mas sei que se isso acontecer;
Sentirei a eterna felicidade.

Como não posso te amar;
Se com os teus olhos encanta-me;
Se sinto sede quando estou longe de ti;
Se sinto-me como me faltasse o ar;
Não quero viver mais longe de ti;
Nunca mais quero sentir essa dor;
Nunca mais...

Hugo Gonçalves Costa

poeta do silêncio
Enviado por poeta do silêncio em 03/07/2006
Código do texto: T186651
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
poeta do silêncio
Carapicuiba - São Paulo - Brasil, 35 anos
84 textos (9105 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:38)