Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fingimento para Saudade

Quando tentava não olhar mais os sonhos
Esses me inundavam a vida
Num devaneio de sensações coloridas
Fingidas fugindo desse retrato
Que foi esquecido ao som do mar

Profundo e vasto são os sentimentos
Que volta e meia, meia volta
Me abraçam por trás e o corpo
Denso e rijo finge não seguir
O que eram as únicas certezas

Era o sangue pulsando nas veias
Pedindo para parar em silêncio
Para morrer nem que fosse um segundo
Frio e gélido, sem pensamentos
Sem amor

Se não voasse, se não tivesse acostumado
Talvez não vivesse as flores
Mas a certeza o teria coberto
Por esse céu azul  cheio de estrelas
Que pede por favor para não gritar

Simples seria se não mudasse
E teria a única verdade como única
Se parecia bom não havia de certo algum
Retrato em branco e preto
Não sentiria o amor
Lady Sophia
Enviado por Lady Sophia em 03/07/2006
Reeditado em 13/09/2006
Código do texto: T186853
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lady Sophia
João Monlevade - Minas Gerais - Brasil, 25 anos
147 textos (6551 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:59)
Lady Sophia