Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO ISSO É AMAR VOCÊ

Repentinamente comecei a amar
Já não podendo disfarçar o modo
Como um dia a olhei
Sendo a partir daí todo desdobrar.

Pensei ser apenas passageiro
Nunca estive nessa posição
Nem lembrando ao longe
Uma possível ocorrência peculiar.

Assim marcada em exaustão
Por palavras de efeito arrasador
Jogou na lona á condição infeliz
Fazendo prisioneiro sustentado.

Impudentes atrevemos a desafiar
Tempo e distância para saciar
O desejo mais ardente
Aflorado na dilatação dos corações.

Hoje ligados ao pensamento
Temos a normal cumplicidade
Tendo um ao outro totalmente
Quando isso é amar você.



Julio Alves Filho
                                                                                        04/07/2006
Julio Alves Filho
Enviado por Julio Alves Filho em 04/07/2006
Reeditado em 09/10/2007
Código do texto: T187425

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Julio Alves Filho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Alves Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
233 textos (13518 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:47)
Julio Alves Filho