Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ÉS TU

A ti, a mais sublime entre as sublimes
Hoje a saudade bate fundo, muito fundo…
ÉS TU
Caminho que sigo
Que hei-de seguir
Pois sem ti
Não sei para onde ir

Contigo de certa forma estou
Contigo efectivamente gostaria de estar
Na certeza que
És tu
Quem eu ansiava por amar

Porta que se abre
E que traça o rumo de um certo destino
Nunca o tive
Mas gostava que fosse contigo

Em mil palavras reinvento o amor
Por mil mundos te levo
Adoraria levar
És a parte da minha metade
Que eu há milénios andava a procurar

Criei por isso uma noite eterna
Onde germina toda a minha criação
Tu és o centro de tudo
Deste insuperável furacão
Que arde dentro de mim
Sempre ardeu sempre arderá
Sendo a questão fundamental
Quem depois de o sentir
Realmente ficará
Porque gostava te encontrar eternamente
Nessa estrada que me leva
Para qualquer lado
Gostava
De ser por ti honrado
Em palavras
Gestos
Ou meras intenções
És a Rainha
Do reino que nunca chegarei a ter de concretizáveis emoções
Deserto cheio de infinitos sentimentos
Onde detestaria
Te perder…
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 05/07/2006
Código do texto: T187950

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170350 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:43)
Miguel Patrício Gomes