Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Guerra interna


 
 
Por quanto brinda minh'alma o sol com sua presença,
essa é a sentença dos justos, guerreiros de luz,
seguir avante por destino quase nunca compreendido,
no chão cinza das batalhas, uma rosa apenas,
guiando os passos que marcham  por verdades e conflitos.
 
 
Mãos simples e calejadas na luta diária que faz a vida,
empunham gloriosas a espada sóbria da justiça,
rasgam o véu no tempo onde o "eu" se faz em breve momento
sua força no sol que recriam nos olhos que acordam para novos dias.
 
 
Marcham guerreiros os sonhos recriando almas em um mundo que há de vir,
no pó que margeia a estrada, a flor ainda espera pelo sentido que a tudo contradiz,
que seja o sempre, o momento onde estou no tempo que escolhi,
 ao reaver o caminho que me leva ao mais profundo de mim.
 
 
01/06/2006

Aisha
Enviado por Aisha em 05/07/2006
Código do texto: T187987
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35174 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:58)
Aisha