Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Amor Sofrido

Livre, como um pássaro,
meu coração alça vôo
em suave rendição
e, em seus braços abertos,
na chuva de emoção,
se refugia em seu peito,
se enrosca e acomoda
no desejo de todo sempre
Não percebo solo árido
apenas chuva de flores
e riso no pôr do sol,
sob manta de suspiros
e o voar de borboletas
Fitando seu rosto
me falta o ar, suspiro,
afago os lábios no seu calor
e peço, ardente, só com olhar,
que receba, pegue, guarde,
este amor que me atormenta
como amargo veneno,
que me faz receber vento,
ao invéz de ter você.
Maria Luiza de Monteiro Marinho
Enviado por Maria Luiza de Monteiro Marinho em 05/07/2006
Código do texto: T188252

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Luiza de Monteiro Marinho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
149 textos (4798 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:26)
Maria Luiza de Monteiro Marinho