Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VALSA AO ANOITECER



Jorge Linhaça
06/julho/2006
8:15
 
Quando o céu se enche de cores ardentes
prefaciando o cair da noite em negro véu
valsa minh'alma em rodopios de carrossel
Uma valsa suave, maravilhosa, envolvente
 
Mil estrelas a cobrir-me como um dossel
A lua a achegar-se assim  sorrateiramente
Com seu argênteo brilho tênue , envolvente
banhando-me o corpo a valsar, alí, ao léu
 
Flui de minha mente a maviosa sinfonía
Bailo ao som das batidas do meu coração
como se fossem  hoje os idos e findos dias
 
Quando casais em plena e dileta alegria
Se deixassem deslizar assim pelo salão
Com graça, encanto e serena galhardia
Jorge Linhaça
Enviado por Jorge Linhaça em 06/07/2006
Código do texto: T188480
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Linhaça
Salvador - Bahia - Brasil, 55 anos
3723 textos (711135 leituras)
95 áudios (13093 audições)
1 e-livros (277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:28)
Jorge Linhaça