Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A resposta

Em face das minhas memórias
Eu me lembro de você
Em algum velho caderno meu
Escrito seu nome ou a marca de seu beijo
Ou a palma de sua mão em meu ombro
Antes como amiga agora como mulher

Te tenho como a maior das minhas princesas
Mesmo se esse poema não for assim tão trabalhado
Olhe pra trás e veja todo o esforço que tive pra te encontrar
Não posso ter sido assim tão banal e volúvel pra você
Já que não foram poucas as vezes
em que vi você dizer que me amava nos meus olhos

bato na tua porta e no vejo ninguém atender, amor meu
você é a minha força que me sustentava
foi e ainda é
não tenho palavras pra expressar essa minha gratidão
talvez se eu tivesse nem assim você as queria ouvir
porque eu não vou ser eterno
e no dia que eu me for definitivamente
não chore
porque ai é tarde demais
por isso, se você acha que eu falo demais,
agradeça por eu estar vivo, ao teu lado ou não
você querendo ou não...







Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 06/07/2006
Código do texto: T188621
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70532 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:16)
Rônaldy Lemos